09/09 – A salvação dos pecadores

O amor de Paulo por seu povo é claramente aparente nestes versos. Como deve ter sido difícil para ele ver alguns de seus compatriotas lutando contra ele e contra a verdade do evangelho! Mas, em meio a tudo isso, ele ainda acreditava que muitos veriam Jesus como Messias.
7. Como Paulo mostra o amor de Deus, não só pelos judeus, mas por toda a humanidade? Como ele expressa o poder surpreendente e misterioso da graça de Deus? Rm 11:28-36
Nestes versos, embora faça um contraste entre judeus e gentios, um ponto é claro: A misericórdia, o amor e a graça de Deus são derramados sobre os pecadores. Desde antes da fundação do mundo, o plano de Deus era salvar a humanidade e usar outros seres humanos, e até nações, como instrumentos em Suas mãos para cumprir a vontade divina.
8. Leia cuidadosamente e em oração o verso 31. Que lição importante aprendemos desse texto sobre nosso testemunho, não só aos judeus mas a todos com quem entramos em contato?
Sem dúvida, ao longo dos séculos, caso a igreja cristã tivesse tratado melhor os judeus, muitos mais poderiam ter vindo a seu Messias. A grande apostasia nos primeiros séculos depois de Cristo, e a extrema paganização do cristianismo – inclusive a rejeição da observância do sábado a favor do domingo – certamente não facilitaram as coisas para que os judeus fossem atraídos a Jesus.
Portanto, é importante que todos os cristãos, percebendo a misericórdia que lhes é oferecida em Jesus, mostrem essa misericórdia aos outros! Não podemos ser cristãos se não fizermos assim (veja Mt 18:23-35).
Existe alguém a quem você precisa mostrar misericórdia, mesmo que talvez não mereça? Por que não mostrar misericórdia a essa pessoa, mesmo que seja difícil? Não foi isso que Jesus fez por nós?

O amor de Paulo por seu povo é claramente aparente nestes versos. Como deve ter sido difícil para ele ver alguns de seus compatriotas lutando contra ele e contra a verdade do evangelho! Mas, em meio a tudo isso, ele ainda acreditava que muitos veriam Jesus como Messias. 7. Como Paulo mostra o amor de Deus, não só pelos judeus, mas por toda a humanidade? Como ele expressa o poder surpreendente e misterioso da graça de Deus? Rm 11:28-36
Nestes versos, embora faça um contraste entre judeus e gentios, um ponto é claro: A misericórdia, o amor e a graça de Deus são derramados sobre os pecadores. Desde antes da fundação do mundo, o plano de Deus era salvar a humanidade e usar outros seres humanos, e até nações, como instrumentos em Suas mãos para cumprir a vontade divina. 8. Leia cuidadosamente e em oração o verso 31. Que lição importante aprendemos desse texto sobre nosso testemunho, não só aos judeus mas a todos com quem entramos em contato?
Sem dúvida, ao longo dos séculos, caso a igreja cristã tivesse tratado melhor os judeus, muitos mais poderiam ter vindo a seu Messias. A grande apostasia nos primeiros séculos depois de Cristo, e a extrema paganização do cristianismo – inclusive a rejeição da observância do sábado a favor do domingo – certamente não facilitaram as coisas para que os judeus fossem atraídos a Jesus.
Portanto, é importante que todos os cristãos, percebendo a misericórdia que lhes é oferecida em Jesus, mostrem essa misericórdia aos outros! Não podemos ser cristãos se não fizermos assim (veja Mt 18:23-35). Existe alguém a quem você precisa mostrar misericórdia, mesmo que talvez não mereça? Por que não mostrar misericórdia a essa pessoa, mesmo que seja difícil? Não foi isso que Jesus fez por nós?

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.